Máquina de Wimshurst

f

Máquina eletrostática de Wimshurst

   A Máquina de Wimshurst é um gerador eletrostático de alta voltagem, desenvolvido entre 1880 e 1883 pelo engenheiro britânico James Wimshurst.

   A máquina possui dois discos constituídos por um material isolante que giram em sentidos opostos e nos quais são fixados diversos setores metálicos.

   Em frente a cada um dos dois discos existe uma barra metálica, que são cruzadas entre si num ângulo de aproximadamente 60°. Essas barras, chamadas de barras neutralizadoras, possuem nas extremidades escovas feitas com fios metálicos que tocam os setores da máquina enquanto os discos giram.

   Uma Máquina de Wimshurst com discos de 30 cm de diâmetro produz uma diferença de potencial até 100.000 volts, com uma corrente elétrica de aproximadamente 20 uA. É comum encontrar conectados aos terminais da máquina pares de capacitores do tipo garrafa de Leyden, com a intenção de se conseguir obter descargas elétricas maiores e mais intensas devido à carga acumulada neles.