Arquivo da Categoria: Uncategorized

Visita de estudo ao Centro de Ciência

1

Curso Mecânica Naval (Grupo 1)

 No dia 29 de maio, os alunos do Curso Mecânica Naval, da Escola Profissional da Horta, realizaram uma visita de estudo ao Centro de Ciência da Escola Secundária Manuel Arriaga. Previamente agendada, a iniciativa teve como objetivo demonstrar conteúdos previamente abordados nas aulas, em especial os conteúdos relacionados com a eletricidade (Lei de Faraday, resistência elétrica, funcionamento de pilhas), o campo magnético e o funcionamento de um motor térmico.

2

Curso Mecânica Naval (grupo 2)

Assim, durante cerca de uma hora e meia, os grupos, acompanhados pelo professor responsável, Engº Luis Vilaça, ouviram os esclarecimentos e informações prestadas com muito interesse.

No final, professor e alunos fizeram um balanço positivo da visita de estudo.

Agora é mais fácil observar a Estação Espacial Internacional

International Space Station (ISS)

International Space Station (ISS)

A Estação Espacial Internacional (ISS) pode ser perfeitamente observável do terraço da nossa casa. O terceiro objeto mais brilhante no céu depois do sol e da lua é fácil de ver se soubermos exatamente onde se encontra… com uma pequena ajuda da NASA.

A agência espacial norte-americana desenvolveu um serviço de alerta designado “Spot the Station“, que dá sinal algumas horas antes da estação espacial passar sobre a nossa casa. Os alertas chegam através de e-mail ou SMS.

A ISS parece um avião em movimento rápido no céu (27600 Km/h), mas onde só existem seis tripulantes a bordo e está a cerca de 370 Km acima da superfície da Terra. Vê-se melhor em noites claras.

Uma das maiores centrais fotovoltaicas do mundo é portuguesa.

442700_serpa

Central solar fotovoltaica de Amareleja

  Situada na Amareleja, uma freguesia do concelho de Moura, a central encontra-se em funcionamento desde o dia 29/12/2008, e custou 261 milhões de euros.

  Com uma capacidade instalada de 46 megawatts (MW), vai produzir 93 milhões de kilowatts/hora (kWh) por ano, valor que equivale ao consumo de mais de 30 mil famílias, evitando a emissão de 89.383 toneladas anuais de dióxido de carbono (CO2).
A central, que levou 13 meses a construir, ocupa uma área de 250 hectares e é composta por 2.520 seguidores solares, com 262.080 módulos fotovoltaicos.